correçao de deformidades
Correção de Deformidades
18 de agosto de 2018
alongamento osseo
Alongamento Ósseo
11 de setembro de 2018

Tratamentos com Gesso que pode Molhar (Gesso Sintético).


O Gesso Sintético, também conhecido como “Gesso que pode tomar banho” ou “Gesso que pode molhar” já é uma realidade no Brasil. Nos Estados Unidos e outros países da Europa ele já é uma utilizado há anos, com cada vez mais aceitação pelos pais e familiares. Ele possui uma característica mais resistente que o Gesso Branco ou Tradicional, e possui menor índice de quebras e necessidade de retornos para reforço ou troca.

Muitos pais tem dúvida sobre como o gesso aceita ser colocado debaixo do chuveiro ou mesmo entrar na piscina sem que haja prejuízo da pele do paciente ou do gesso. A resposta é simples: o gesso e os materiais que são colocados por dentro dele (malha tubular e algodão sintéticos) são feitos de um material especial que tem uma característica hidrofóbica. Isso significa que suas moléculas são “repelentes” da água, ou seja, não se misturam com nenhuma matéria no estado líquido. Isso permite com que a água escorra por dentro e por fora do gesso sem ficar acumulada, protegendo a rigidez da imobilização e a pele do paciente.

Apesar de podermos molhar o Gesso Sintético no banho ou na piscina, precisamos tomar alguns cuidados para que não haja lesões de pele e outras complicações:

• Deve-se evitar molhar o gesso na praia, pois partículas de areia ou outros detritos podem entrar no gesso, provocando lesões de pele;
• O Gesso demora em torno de 90 minutos para secar após o banho. Para agilizar o processo, pode-se usar um Secador de Cabelos no modo de Ar Frio, para secagem mais rápida;
• Sempre deve-se escorrer toda água do gesso para evitar acúmulos em regiões de dobradiças, como calcanhar ou cotovelo;

Outras qualidades do Gesso Sintético são a utilização para reforço de Gessos Tradicionais, prevenindo quebras e melhorando a higiene superficial da mobilização, e a possibilidade de lavar caso haja algum acidente com alimentos ou outros tipos de sujeira, utilizando sabonete comum ou detergente neutro.

É importante dizer que em algumas ocasiões o Gesso Sintético não é a melhor opção de tratamento. Algumas fraturas mais instáveis necessitam de uma imobilização com o gesso muito bem moldado, quando o Gesso Tradicional acaba sendo a melhor opção.

OBS: O Gesso Sintético só pode ser molhado quando é realizado de maneira adequada para isto, ou seja, com uso de malha tubular e algodão especiais. Nunca molhe o seu gesso sem a orientação do seu médico!

O Dr. Luiz de Angeli possui estrutura para aplicação do gesso sintético em seus consultórios. Caso queira se informar melhor sobre o tratamento, contacte nossas secretárias pelo telefone ou WhatsApp ou nos escreva pelo site.


Exemplo de Reforço de Gesso com a utilização de Gesso Sintético Estampado. Após 5 semanas de utilização após um procedimento cirúrgico, o Reforço previne quebras e mantém a imobilização estável.


Exemplo de utilização de Gesso Sintético Pelve-Podálico para imobilizaçãoo após cirurgia dos Quadris. O gesso é mais leve e mais resistente que o Gesso Tradicional, facilitando os cuidados pelos pais e familiares e prevenindo retornos desnecessários para troca ou reforço.


Dúvidas sobre o assunto? Entre em contato conosco ou agende uma consulta.
Dr. Luiz de Angeli
Ortopedista Infantil